sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

TREINAMENTO PARA PRODUTORES E CRIADORES NEGROS - ATENÇÃO!!!

 

A fim de divulgar os editais com foco nos produtores e criadores negros para o maior número de pessoas possível e esclarecer os detalhes de cada um dos processos seletivos, o Ministério da Cultura, por meio da Representação Regional Minas Gerais (RRMG), irá realizar oficinas em sete cidades mineiras durante os meses de janeiro e fevereiro. A primeira cidade a receber as oficinas é Ponte Nova (Zona da Mata), nesta sexta-feira, dia 25/01. O evento acontece às 15h30, no Prédio da OAB (Avenida Caetano Marinho 223 Centro Histórico).  A intenção é mobilizar produtores e criadores negros e  agentes culturais locais que atuem com o enfoque nas expressões afrodescentes para que eles atuem como replicadores da informação. Além desses, estão convidados a participar dos eventos pontos de cultura, produtores culturais, artistas e gestores públicos dos municípios do entorno das cidades onde ocorrerão as oficinas. A participação é gratuita. Iniciativas como estas estão acontecendo em vários estados do país (leia AQUI).

As oficinas, que serão ministradas por servidores do Ministério da Cultura em Minas Gerais, acontecerão também em Uberlândia, no Triângulo Mineiro (31/01);  Juiz de Fora, na Zona da Mata (01/02); Belo Horizonte (05/02); Governador Valadares, no Vale do Rio Doce (19/02); Montes Claros, Norte de Minas (26/02), terminando em Três Corações, no Sul de Minas (28/02). Em Belo Horizonte, a oficina acontece na Funarte MG (Rua Januária, 68), das 14h às 17h. Confira AQUI os locais.
 
Os editais voltados para produtores e criadores negros foram lançados no dia 20 de novembro, no Dia Nacional da Consciência Negra, e representou primeira de uma série de iniciativas que a Pasta pretende encampar na busca por ações afirmativas e políticas culturais que contemplem os afrodescentes brasileiros. No total, serão investidos cerca de 9 milhões em editais nas áreas de audiovisual, livro e leitura, artes visuais, circo, dança, música, teatro e preservação da memória. Quatro dos cinco editais tiveram o prazo de inscrição prorrogado para 25 de março de 2013, a fim de oferecer mais chance de participação. Para participarem dos editais, os interessados devem ser autodeclarados negros (pretos e pardos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE).